EVANGELIZAR.

NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 31 de maio de 2016

AMANDO COMO JESUS

"Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor." (João 15:9)

 Jesus foi e é muito amado por Deus Pai, e, como Ele mesmo disse, o Pai o amava porque Ele obedecia em tudo, obediência até a morte. Deus amou e ama Jesus e Jesus nos ama, mas só sentiremos esse amor, só o receberemos se imitarmos o próprio Senhor Jesus e lhe obedecermos. Não existe alternativa, a única demonstração aceita de amor para com o Senhor é a nossa obediência aos seus preceitos, não é por muito falar que o amamos, ou cantar, ou chorar, mas sim obedecer a sua Palavra, viver segundo o seu Evangelho. Temos que aprender a permanecer no amor de Cristo, assim como Ele permaneceu no amor do Pai. Gostamos de falar que somos discípulos de Jesus, mas não gostamos de passar por lutas, por sofrimentos. Devemos atentar para a vida de Jesus e então perceberemos que Ele aqui só passou por sofrimentos e lutas. Nasceu em uma manjedoura, lugar de animais, e logo após José teve que fugir com Ele para não ser morto. Durante o seu ministério terreno, sofreu todo tipo de perseguições, não ajuntou patrimônio aqui, foi perseguido, preso, espancado, humilhado, crucificado e morreu na cruz sendo um inocente. E a sua herança física foi somente as suas vestes, que os guardas dividiram entre si. Jesus sofreu tudo isso por amor ao Pai em obediência, e em nenhum momento reclamou, mas foi até o final. Por isso venceu, Ele permaneceu no amor do Pai. "Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor." (João 15:10). Para permanecermos no amor de Cristo, devemos guardar, viver, praticar os seus mandamentos. Caso contrário, não receberemos e nem desfrutaremos do seu amor, porque o Senhor vive pela obediência. Deus Pai nos deixou a sua Palavra, e Ele mesmo vive pela sua Palavra, o Senhor obedece a sua Palavra e não se desvia dela para ajudar, socorrer ou punir ninguém. Toda a maneira como o Senhor pode nos tratar ou abençoar está na sua Palavra, fora dela nada acontece, Ele não age. Quando vemos alguém que cita o Nome do Senhor, mas não pratica a sua Palavra, sabemos que não ama o Senhor e não está no amor Dele. Assim, sabemos que não existem segredos ou alguma fórmula mágica, o que existe é simplesmente a obediência. Portanto, sejamos sábios e vamos viver na obediência, para vivermos no amor do Senhor.
 "Tenho-vos dito isto, para que o meu gozo permaneça em vós, e o vosso gozo seja completo. O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei." (João 15:11-12). Jesus nos exorta para que pratiquemos a sua Palavra, seu Evangelho, para que a sua alegria, sua felicidade, sua paz estejam em nós. Ele deseja que a nossa alegria seja completa, e vivamos desfrutando do que Ele já nos deu, que é a vida. O que não podemos fazer é confusão, imaginar que a alegria do Senhor é que tenhamos dinheiro, casa, carro ou qualquer bem material, porque não vemos em nenhum momento Jesus prometendo qualquer coisa desse tipo. Viver o Evangelho de Jesus Cristo é amar o próximo como a nós mesmos, e sabemos que, se o praticarmos, nada faremos contra os nossos semelhantes. Amar o próximo como Jesus nos amou, que foi entregando a sua vida por nós, essa é a maior declaração de amor que alguém poderia dar. Amarmos o próximo, praticamos a Palavra do Senhor, temos que ser capazes de fazer o mesmo. Temos que aprender a amar o próximo, não somente os que nos amam, mas todos, os que nos fazem mal, os que nos ofendem, traem, humilham ou agridem, pois esse é o amor que o Senhor nos manda executar. Quem ama corrige, exorta, temos que imitar o tipo de amor de Cristo."Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando." (João 15:13-14). Seremos amigos de Cristo se lhe obedecermos, se praticarmos os seus mandamentos; permaneceremos no seu amor se não olharmos para nós mesmos, mas para Ele. Jesus demonstrou o seu imenso amor para conosco ao entregar a sua vida por nós sendo pecadores. Agora nós devemos demonstrar o nosso amor para com Ele vivendo a sua Palavra. As pessoas confundem, são religiosas, porque acham que por chorar, clamar, o Senhor reconhecerá isso como amor. Mas o principal é sabermos que Ele é Santo, e, para nós nos aproximarmos Dele, devemos estar também em santidade. "Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer." (João 15:15). Jesus nos chamou de amigos, isso porque Ele não escondeu nada de nós, mas tudo o que Ele ouviu do Pai Ele nos informou. Cristo tudo revelou para nós, assim como um amigo conta os seus segredos. Mas nós é que temos que ser amigos Dele e obedecer-lhe em tudo.
 "Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu Nome pedirdes ao Pai Ele vô-lo conceda." (João 15:16). Todos os que vão a Cristo, que realmente fazem uma entrega verdadeira, que se submetem a sua vontade, não o foram por acaso, mas porque o Senhor já os tinha escolhido, já os tinha separado para si. Prova tal é que vemos muitas pessoas que estão há tanto tempo ouvindo a Palavra de Deus e não se convertem, outros nasceram em lares evangélicos, mas mesmo assim não são convertidos. Outros viveram a maior parte das suas vidas no mundo, vivendo em erro, totalmente afastados do Senhor, mas, quando ouvem a Palavra, ouvem a voz do Senhor, se entregam e são seus servos fiéis. Assim, sabemos que todos os que são servos do Senhor foram escolhidos por Jesus, e esses têm a função de produzir frutos bons, de dar testemunhos do Poder de Deus. Essas pessoas mostram, apresentam a face de Cristo, mostram o caráter do Senhor pela maneira de agir e viver, e têm poder e, quando falam, acontece. Isso porque o próprio Senhor vive, habita nessas pessoas. "Isto vos mando: Que vos ameis uns aos outros. Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim."(João 15:17-18).Jesus nos deu a ordem, já nos mandou amar o próximo como a nós mesmos, mostrando que esse é o segundo maior mandamento. Amar não de maneira humana, mas espiritual, e jamais concordar com erros e desobediências, pois isso não é amor. Não devemos nos preocupar jamais com a maneira com que o mundo, as pessoas nos tratam; devemos ter a preocupação de agradar o Senhor. Se formos motivo de chacotas, risos, escárnios, humilhações ou perseguições, deveremos nos alegrar, porque estamos agradando ao Senhor e desagradando ao mundo. Jesus foi odiado e perseguido, e, se o formos também por causa de seu Nome, estaremos simplesmente vivendo de acordo com a sua Palavra. O Senhor deixou bem claro que o paraíso não é aqui, porque neste mundo sofreremos, mas a vida estará Nele e com Ele. Assim, devemos agir como Paulo e sentir prazer nas lutas e perseguições, sabendo que, quando estamos fracos, é que somos fortes. "Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia." (João 15:19).Se somos discípulos de Jesus, então não somos deste mundo que jaz no maligno, então são naturais e esperadas as perseguições e lutas em nossas vidas. Somo peregrinos aqui e caminhamos em direção ao Paraíso, e sabemos que é uma caminhada árdua. Assim temos de escolher permanecer no amor de Cristo ou não, obedecer a Ele ou não. "Lembrai-vos da Palavra que vos disse: Não é o servo maior do que o seu senhor. Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa. Mas tudo isto vos farão por causa do meu Nome, porque não conhecem Aquele que me enviou. Se eu não viera, nem lhes houvera falado, não teriam pecado, mas agora não têm desculpa do seu pecado." (João 15:20-22).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

segunda-feira, 30 de maio de 2016

NÃO SEJA ENGANADO

"Ora, irmãos, rogamos-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com Ele, Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto." (2 Tessalonicenses 2:1-2)

 Eu sempre procuro orientar todos no sentido de serem cristãos inteligentes e adultos, e não bebês na fé, que não possam ser facilmente enganados por toda sorte de doutrinas. Devemos sempre ler, meditar na Palavra de Deus, e não ficarmos aceitando todos os tipos de ensinos e pregações, porque muitos deles são contrários à própria Palavra de Deus. Exemplo é que muita gente anda ensinando que o Senhor já deveria ter voltado, ou está voltando a qualquer momento, outros marcam até a data utilizando algum sinal fora da Bíblia. Mas, a bem da verdade, temos que nos ater à Palavra, ao Evangelho de Jesus Cristo, e nele o próprio Senhor Jesus Cristo nos revela que, primeiro, nem Ele mesmo sabe o dia da sua volta, somente Deus Pai é quem o sabe. Mas Ele nos deu um grande sinal, quando disse que inicialmente esse Evangelho seria pregado a todas as criaturas em todo o mundo. Ele disse esse Evangelho, ou seja, o Evangelho de Jesus Cristo, e não as heresias e apostasias que se apregoam por aí. Não que todos irão se converter, mas todos terão conhecimento de quem é Jesus, todos ouvirão a Verdade; converter é outra coisa. Sabemos que ainda há muitos países, lugares longínquos em que as pessoas não ouviram a Palavra de Deus. Portanto, Jesus está voltando, mas não hoje ou amanhã, pode voltar para nós a qualquer momento, porque podemos morrer agora e, se morrermos, então Ele voltou para quem morreu, pois não há mais chance de arrependimentos. Mas não se pode ficar aguardando a volta do Senhor hoje ou amanhã, como muitos fazem, pessoas que ficam buscando sinais da volta do Senhor, porque ainda faltam algumas coisas acontecerem, como Jesus nos disse em Mateus 24. Devemos nos ater à fala de Jesus, pois ela é a única verdade. Jesus está voltando, mas ainda existem muitos fatos que irão acontecer antes do seu regresso.
 "Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus."(2 Tessalonicenses 2:3-4). Ainda teremos a apostasia declarada, é verdade que hoje vivemos em uma apostasia, mas disfarçada, basta olharmos os ensinamentos, doutrinas, as pregações de muitas denominações, em muitos templos já se prega contra a própria Palavra de Deus. Mas ainda teremos um governante, um líder que trará a paz mundial, que trará a prosperidade, e todos, ou a maioria, o adorarão. Esse anticristo virá como solução para as guerras, a fome, mas conduzirá todos para longe do Senhor, e não permitirá que se adore o nosso Deus. E os verdadeiros cristãos, os discípulos de Jesus legítimos muitos serão mortos, apanharão para negar o Senhor, sofrerão todo tipo de perseguição, e nem mesmo terão condições de adquirir as coisas mínimas para a sua sobrevivência. Todos se voltarão contra eles, porque estão encantados com o anticristo. Quando todos acharem que estão bem por viverem sem guerras, sem fome, perceberão que foram enganados, e aí será muito tarde, porque o Senhor estará voltando. Todos serão marcados, como está escrito no Apocalipse, e só poderá comprar, vender, fazer quaisquer coisas quem tiver a marca. Sabemos que serão poucos os que irão resistir, que não permitirão a marca, porque muitos, e a maioria das igrejas, estarão incentivando a sua colocação dizendo que não têm nada. "Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado."(2 Tessalonicenses 2:5-6). Esse é um fato que indubitavelmente irá acontecer, quem nos alertou sobre isso foi o Senhor Jesus. Sabemos que nessa época muitos dos que se dizem cristãos irão negar o Senhor, quando estiverem passando fome, ou precisando de medicamentos para si ou para filhos, para os seus entes queridos, e, para poderem adquiri-los, terão que assumir, concordar com a marca, negar Jesus. As pessoas serão enganadas por verem a prosperidade material física, acharão que existe concordância do Senhor. Mas não falamos de lendas, falamos de fatos, falamos da Palavra de Deus, falamos da revelação do Evangelho, falamos do que fatalmente irá acontecer.
 "Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora o retém até que do meio seja tirado; E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda." (Tessalonicenses 2:7-8). Sabemos, pelo que vemos, por tudo o que presenciamos diariamente que o ministério da injustiça opera livremente e em toda parte. Mas ainda o anticristo não se revelou claramente, porque o Senhor não permitiu, uma vez que ainda não é o momento determinado por Deus Pai. Mas esse anticristo aparecerá e terá liberdade de agir e fazer o que bem quiser até o momento da vinda do Senhor, que o aniquilará com o seu Poder. Hoje vemos as maiores denominações ensinarem sobre prosperidade, sobre coisas do mundo, e pouco, muito pouco ou quase nada falam sobre salvação. Vemos as pessoas buscarem templos denominacionais, igrejas, em busca de bênçãos, de soluções dos seus problemas, e não em busca do Senhor. Não buscam aprender a conhecer mais do Senhor, não se entregam, querem somente realizações aqui, não sabem que estão se distanciando cada vez mais do Senhor. "A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem." (2 Tessalonicenses 2:9-10). Esse anticristo, que opera os sinais das trevas, trazendo o engano, a mentira, a mágica, e os que não amaram e não amam o Senhor os seguirá. Sim, porque os que o aceitarão e os seguirão são as pessoas comprometidas com as coisas do mundo, são os que citam o Nome do Senhor, mas buscam somente realizações imediatas. Esses que vivem e buscam o engano seguirão e obedecerão ao iníquo, que os liderará até o sofrimento eterno, porque esses não buscaram o amor de Cristo, não se entregaram a Ele, são somente religiosos e, por isso, padecerão, pois terão o enganador para seguir. "E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniquidade." (2 Tessalonicenses 2:11-12). Sabemos que tudo só acontece com a vontade e permissão do Senhor, porque Ele é o único Senhor. Assim Ele mesmo enviará o iníquo, o anticristo, enviará aquele que fará com que muitos revelem sua face. Sim, porque muitos dos que dizem que amam o Senhor só o falam por conveniência, e não por amor. Todos os que buscam seus prazeres, realizações aqui serão iludidos pelo iníquo, para que sejam destruídos."Mas devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados do Senhor, por vos ter Deus elegido desde o princípio para a salvação, em santificação do Espírito, e fé da verdade; Para o que pelo nosso evangelho vos chamou, para alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. Então, irmãos, estai firmes e retende as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa. E o próprio nosso Senhor Jesus Cristo e nosso Deus e Pai, que nos amou, e em graça nos deu uma eterna consolação e boa esperança, Console os vossos corações, e vos confirme em toda a boa Palavra e obra."(2 Tessalonicenses 2:13-17).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

sexta-feira, 27 de maio de 2016

SAÍMOS DAS TREVAS

"O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o Reino do Filho do seu amor; Em quem temos a redenção pelo seu Sangue, a saber, a remissão dos pecados; O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação." (Colossenses 1:13-15)

 Deus nos tirou da potestade das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho, Jesus Cristo, e fez isso por amor, e não por merecimento, porque antes vivíamos todos presos no pecado sem a menor chance de escaparmos, porque existia somente a lei, e como era impossível alguém cumprir a lei integralmente, a sentença de morte era inevitável. "Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo. E todo o povo dirá: Amém." (Deuteronômio 27:26) . Ainda: "Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos."(Tiago 2:10). A lei com as suas várias observâncias era praticamente impossível alguém a cumprir integralmente, e o único que a cumpriu foi Jesus. E qualquer um que não a cumprisse por inteiro não alcançava a salvação, o perdão dos pecados. Portanto, a lei, que era para a vida, trouxe a morte, uma vez que ela apontava os erros, mas não apontava, mostrava como se livrar deles. Mas Deus, no seu imenso amor, enviou seu Filho e nos resgatou da morte do pecado, para termos vida Nele. Hoje temos a redenção, temos a salvação através da aliança feita no Sangue de Jesus, porque Ele veio e cumpriu a lei por inteiro e nos libertou do jugo do pecado. Ele morreu a nossa morte, se entregou em nosso lugar, e então todos os que buscam a vida têm a oportunidade de viver para sempre ao seu lado. Jesus, à imagem de Deus, nos deu a condição de termos vida, mas não podemos confundir, não podemos achar que, por Ele ter morrido a nossa morte, então todos serão salvos, independentemente da maneira como se vive aqui, porque não é assim, foi aberta a porta, mas, para entrarmos, temos que concordar com o Senhor, temos que nos submeter a Ele. Para podermos alcançar a vida que Jesus nos trouxe, temos que viver segundo os seus preceitos, temos que praticar o seu Evangelho, caso contrário, apesar de a vida estar disponível para todos, iremos para a morte.
 "Porque Nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por Ele e para Ele." (Colossenses 1:16). Temos que saber que Jesus é Deus, e tudo foi criado por Ele e para Ele, porque Ele é o início, o princípio e o fim de todas as coisas, sem Ele não existe nada, nada acontece. As pessoas tendem a dar superpoderes ao diabo, nosso adversário, mas devemos saber que Cristo é superior a tudo, inclusive ao diabo, que é uma criação do Senhor, uma vez que antes o nosso adversário era um anjo. Foi o Senhor quem atirou para baixo, e hoje o satanás cumpre um propósito do Senhor, e para ele agir, fazer qualquer coisa só com a permissão do Senhor. E essa permissão o nosso adversário consegue quando estamos em desobediência aos preceitos do Senhor. Assim, temos que aprender a render graças ao Senhor, aprender a reverenciá-lo, a obedecer-lhe, a nos submeter a Ele, sabendo que, se formos seus servos fiéis, o diabo não terá oportunidade de nos atacar, porque o Senhor não permitirá, não autorizará. Tudo é Jesus, a vida e a morte estão Nele, e temos que saber que quem envia para o inferno não é o diabo, mas o Senhor, porque o inferno é somente o lugar de prisão do diabo e de todos os desobedientes. Jesus enviará todos os que não vivem e praticam o seu Evangelho para o fogo eterno, para o inferno, para sofrer junto com satanás. "E Ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por Ele. E Ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o Princípio e o Primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência." (Colossenses 1:17-18). Tudo é Jesus, a igreja está Nele porque Ele é a cabeça e nós, a igreja verdadeira, o corpo, Nele, e sabemos que corpo sem cabeça não vive. Jesus é o primeiro em tudo, inclusive na morte e na ressurreição, Ele já existia antes de tudo, Ele é o Criador. Tudo se mantém firme por Ele, mas, como Ele mesmo disse, quando Ele voltar para buscar a sua igreja, os seus, então tudo desmoronará. O fim acontecerá com a sua volta, que será dia de tristeza, de choro, de separação e morte. Jesus voltará para buscar os que viveram e vivem Nele, e, para trazer a morte para os que jazem, para os que estão mortos em seus pecados e desobediências. Jesus está voltando, e quem não recebeu a sua vida, não aceitou a Aliança feita em seu Sangue irá para a morte eterna, e nada e nem ninguém poderá salvar desse castigo eterno.
 "Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude Nele habitasse, E que, havendo por Ele feito a paz pelo Sangue da sua Cruz, por meio Dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus." (Colossenses 1:19-20). Foi a vontade de Deus que todo o Poder estivesse com Ele e que comandasse tudo. Deus Pai entregou tudo em suas mãos, porque Ele aceitou o sofrimento e morte por nossa causa. Deus reconciliou tudo através da aliança feita no Sangue do seu Filho amado, e, portanto, lhe entregou tudo. Assim, a Salvação vem por meio de Jesus, e quem despreza o Sacrifício da Cruz não tem nenhuma chance de vida. Jesus é a própria Palavra, e Ele mesmo já disse que seríamos julgados pela Palavra por Ele. "Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a Palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia."(João 12:48). Não seremos salvos por piedade, mas por Jesus, e como Ele é a Palavra, o Verbo, quando ignoramos e vivemos segundo o nosso entendimento, caminhamos para a morte. Jesus nos reconciliou Nele, mas aceitar essa reconciliação é se submeter a Ele, é praticar a sua Palavra, porque, caso contrário, ela mesma nos julgará. Não temos um Jesus tolinho que veio e morreu por nós dando-nos liberdade de viver como quisermos a nosso bel prazer. Temos um Senhor que é o Caminho que conduz à Vida, e temos que passar por Ele, caso contrário iremos para a morte. Jesus é o Senhor. "A vós também, que noutro tempo éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora contudo vos reconciliou No corpo da sua carne, pela morte, para perante Ele vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis."(Colossenses 1:21-22). Antes vivíamos em erros, pecados, por ignorância, por desconhecermos o grande amor do Senhor, por desconhecermos o Caminho. E pelo nosso comportamento, pela nossa maneira de viver éramos então inimigos do Senhor, mas através de seu grande amor nos chamou, e todos os que ouviram o seu chamado, a sua voz, e vivem hoje de acordo com a sua Palavra, são dignos de serem chamados filhos de Deus. Portanto, Ele exige santidade, assim, se queremos estar com Ele, se queremos ter vida Nele, temos que ser santos. Irrepreensíveis e inculpáveis, ou seja, que não se ache culpa em nós, que não sejamos dignos de repreensão alguma, e que vivamos de acordo com o Evangelho. Portanto, a Vida é Cristo, e, para alcançá-la, é por obediência a Ele. A Ele toda Honra, toda Glória e todo Louvor. "Se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do Evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro. Regozijo-me agora no que padeço por vós, e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja; Da qual eu estou feito ministro segundo a dispensação de Deus, que me foi concedida para convosco, para cumprir a Palavra de Deus." (Colossenses 1:23-25).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

quarta-feira, 25 de maio de 2016

RECEBENDO O CONSOLADOR

"E eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós." (João 14:16-17)

 Jesus, sabendo que estava se aproximando o seu tempo, fala abertamente aos seus discípulos sobre a sua partida e sobre o Espírito Santo. Jesus diz que Ele irá para o Pai, mas que Deus enviará o Consolador, para que fique conosco para sempre. Jesus veio e ficou de forma carnal durante um tempo, e depois partiu, mas Ele enviou o Consolador, que é permanente. O Senhor ainda faz questão de esclarecer sobre o Consolador, o Advogado, aquele que nos convence do erro do Juízo e do pecado. Mostra que, apesar de Ele ser enviado para nós, não são todos os que o terão, porque quem vive no mundo em erro, em pecados não o terá, não o conhecerá e, consequentemente, não o receberá. O Espírito Santo de Deus só age, atua nos filhos da obediência, nos que obedecem aos preceitos do Senhor, e os desobedientes não o conhecem. O Espírito de Deus está ao alcance de todos, e, para recebê-lo, é necessário somente viver segundo os preceitos estabelecidos pelo Senhor. Não é por ir muito a templos, ou orar, rezar, fazer preces, nem subir monte, dar ofertas, cantar ou dançar, e sim pela prática do Evangelho de Jesus Cristo. Também não é por tentar praticar uma antiga lei, mesmo porque, na lei de Moisés, não havia se manifestado o Espírito Santo. Também não é por imitar, decorar uma espécie de sons como se fosse uma língua estranha, a língua dos anjos, não é por essa decoreba que é o Espírito Santo. Existem religiões, denominações que ensinam a falar uma espécie de língua, dizendo que é a língua dos anjos. Mas, para receber o Consolador de Deus, para não ficar só, é necessária a obediência. "Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós." (João 14:18). Jesus não nos deixou sós, Ele enviou o Consolador, o Espírito da Verdade, mas, para recebê-lo, para senti-lo, é necessário obedecer a Jesus. Muitos acham que todos têm o Espírito Santo, mas eles não sabem que estão sozinhos e longe do Senhor, porque, para tê-lo, é necessário passar pelo Caminho que é Jesus, e passar é só pela obediência, e não pela religião.
 "Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais, mas vós me vereis; porque eu vivo, e vós vivereis." (João 14:19).Jesus fala abertamente sobre a sua partida e diz que em breve logo eles não o verão, porque Ele irá para o Pai, como assim foi. Mas os seus discípulos, os que andam nos seus caminhos o verão, porque Ele vive neles. Jesus não é mais visível a olho nu como foi durante o tempo do seu ministério terreno, mas é visível na sua Palavra, no Evangelho e nos seus servos fiéis. Jesus está vivo, e os que praticam o seu Evangelho são os seus representantes, são os que mostram a face do Senhor. Os praticantes do Evangelho são os que têm o Consolador, que têm Jesus, todo o resto não o conhece e nunca o viu. "Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós." (João 14:21). Os seguidores do Senhor, que são os que obedecem a seus preceitos, sabem quem é Jesus e onde está, onde o encontram, porque Jesus vive neles, nos que praticam o Evangelho, não essa emoção, essa religião, ou mentira, dizendo que o Senhor está ali aqui ou em outro lugar. Ele vive nos que são espirituais, nos que procuram se santificar diariamente, nos que fogem dos pecados, dos desejos da carne. Jesus falou de maneira clara sobre obediência e sobre tê-lo. "Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele." (João 14:21). Jesus fala que quem o ama são somente os que guardam, os que vivem os seus mandamentos, os seus preceitos. Portanto, fica claro que não são os que vivem dizendo que o amam, que fazem desafios, campanhas ou qualquer ato religioso, mas somente os que vivem a sua Palavra. Vemos o engano quando as pessoas em pleno ato de pecado, de desobediência dizem que amam Cristo, e que Ele as entende e as perdoa. Essas pessoas precisam entender que o Senhor não entende essas palavras bajuladoras, Ele só reconhece a prática do seu Evangelho e diz que os que guardam os seus mandamentos, os que vivem de acordo com o seu Evangelho são amados por Deus Pai, e Ele, Jesus, os amará e se manifestará para eles. Jesus se manifesta não em quem vive falando que o ama, mas em quem lhe obedece, e esses têm tanto o amor do Pai como o do Filho. Assim Jesus se manifesta em sua vida, essa pessoa tem o Poder do Senhor, e tudo o que a cerca está sob a guarda e proteção Daquele que a ama. Só recebe o amor de Jesus quem lhe obedece.
 "Disse-lhe Judas (não o Iscariotes): Senhor, de onde vem que te hás de manifestar a nós, e não ao mundo?" (João 14:22). A seriedade do assunto é tão grave que um dos seus discípulos lhe pergunta por que Ele se manifestaria somente aos seus seguidores, a seus discípulos, aos que lhe obedeciam, e não a todos. Da mesma maneira, muitos acham que falamos com arrogância e soberba quando dizemos que o Senhor não está presente na vida dos pecadores, que o Senhor não aceita palavras bajuladoras, ou entendem e aceitam essas como declaração de amor e adoração a Ele. O Senhor conhece o nosso coração, o nosso interior, Ele sabe tudo a nosso respeito e sabe quem realmente vive para Ele. O Senhor ama todos e deseja que todos se rendam, se convertam a Ele, mas, enquanto se mantêm nos pecados, o Senhor se mantém à distância deles. "Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha Palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada." (João 14:23). Veja que Jesus respondeu reafirmando a mesma Palavra, agora com mais intensidade e mais abrangência. Se alguém o ama, guardará a sua Palavra, se alguém o ama, viverá de acordo com os seus preceitos, suas normas. E esses que o amam e demonstram isso vivendo segundo a sua doutrina recebem o amor de Deus. E o mais fantástico é que Ele, Jesus e Deus Pai, virá e fará morada nesses. Assim, quem vive e pratica a Palavra tem Deus Pai e Deus Filho Nele, portanto tem todo o Poder. Jesus quer fazer morada em nós, para isso é necessário que nos rendamos a Ele, e essa rendição se dá não com palavras, mas com atitudes, através de um renascimento, uma mudança de direção, uma entrega total a Ele. É se permitir ser guiado, dirigido por Ele, é só fazer ou pensar o que Ele disse e permite."Quem não me ama não guarda as minhas palavras; ora, a Palavra que ouvistes não é minha, mas do Pai que me enviou. Tenho-vos dito isto, estando convosco." (João 14:24-25). Jesus fala dos que não o amam, que são os que não respeitam e nem praticam a sua Palavra. São os desobedientes e os que não seguem a sua Doutrina, que não são Dele, mas de Deus Pai. Jesus foi vitorioso porque foi obediente e obediente até a morte, e morte de cruz. Jesus esclareceu esse assunto estando ainda em carne para que não restasse dúvidas sobre quem o ama e quem não o ama, também quem recebe e não recebe o seu amor. "Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu Nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. Ouvistes que eu vos disse: Vou, e venho para vós. Se me amásseis, certamente exultaríeis porque eu disse: Vou para o Pai; porque meu Pai é maior do que eu. Eu vo-lo disse agora antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós acrediteis. Já não falarei muito convosco, porque se aproxima o príncipe deste mundo, e nada tem em mim; Mas é para que o mundo saiba que eu amo o Pai, e que faço como o Pai me mandou. Levantai-vos, vamo-nos daqui."(João 14-26-31). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

terça-feira, 24 de maio de 2016

OBEDECENDO A DEUS SE REBELANDO CONTRA OS HOMENS

"E, levantando-se o sumo sacerdote, e todos os que estavam com ele (e eram eles da seita dos saduceus), encheram-se de inveja, E lançaram mão dos apóstolos, e os puseram na prisão pública." (Atos 5:17-18)

 Os apóstolos em Jerusalém estavam todos reunidos e pregavam a Palavra de Deus, falavam sobre Jesus Cristo, que tinha sido crucificado pelos judeus. A pregação deles era somente sobre ressurreição, sobre vida, arrependimento, salvação, e também eles operavam muitos sinais, muitos eram curados de várias doenças, pessoas eram libertas de demônios. A Palavra de Deus era pregada com autoridade e com Poder, o Espírito Santo se manifestava de forma tremenda, e pessoas iam se convertendo, a igreja ia crescendo a cada momento. A igreja vivia unida, todos juntos viviam e praticavam o Evangelho com poder e autoridade, e os sinais eram visíveis a todos. Por esse motivo, os religiosos, a nata da religião, os líderes ficaram com inveja e se levantaram contra a igreja, contra os apóstolos e mandaram prendê-los. A perseguição sistemática a Jesus, ao Verbo sempre existiu e sempre existirá, e sempre será por religiões e pessoas que dizem crer Nele. Pessoas dizem que o estão defendendo, mas agem de maneira totalmente contrária à sua Palavra, porque não suportam a verdade, não resistem ser confrontados. Como o Evangelho mostra os seus erros, suas apostasias, isso deixa essas pessoas enfurecidas, e assim querem calar a voz que as condena. Esses religiosos colocaram os apóstolos em prisão pública por estarem pregando o Evangelho de Jesus Cristo. "Mas de noite um anjo do Senhor abriu as portas da prisão e, tirando-os para fora, disse: Ide e apresentai-vos no templo, e dizei ao povo todas as palavras desta vida." (Atos 5:19-20).Durante a noite o Senhor enviou um anjo para os libertar, para os soltar, mas não para que eles fugissem, corressem, e sim para que continuassem pregando a sã doutrina. Libertou-os e os mandou de volta ao templo para pregar o Evangelho, para que instruíssem o povo a respeito da vida que é Jesus Cristo. Às vezes não entendemos o porquê de estarmos passando por lutas e perseguições, e mesmo assim o Senhor não permite que fujamos, que abandonemos o local ou as pessoas, Ele determina que fiquemos e perseveremos. Mas é necessário sabermos que somos servos do Senhor e, portanto, temos que obedecer-lhe, porque os projetos Dele são muito maiores do que a nossa vã imaginação.
 "E, ouvindo eles isto, entraram de manhã cedo no templo, e ensinavam. Chegando, porém, o sumo sacerdote e os que estavam com ele, convocaram o conselho, e a todos os anciãos dos filhos de Israel, e enviaram ao cárcere, para que de lá os trouxessem."(Atos 5:21). Os apóstolos obedeceram, e depois que saíram da prisão, depois que o anjo os soltou, eles não fugiram, eles foram para o templo, e pela manhã logo cedo lá estavam pregando o Evangelho de Jesus Cristo. Eles sabiam que os religiosos iriam continuar a persegui-los, sabiam que eles iriam ser presos novamente e, inclusive, poderiam ser mortos, mas eles simplesmente obedeceram ao Senhor. Temos que aprender a agir como os apóstolos, e não nos importar com o que as pessoas podem nos fazer. Devemos a todo o tempo falar de Jesus Cristo, falar de vida, temos que ser como João Batista, e sempre confrontar o pecado. Se tivermos que padecer por causa do Evangelho, por causa do nome de Jesus Cristo, que assim seja, mas que jamais o neguemos em hipótese alguma. Pela manhã os líderes mandaram trazer os apóstolos do cárcere, da cadeia, da cela, onde os tinham colocado para interrogá-los, ou quem sabe somente para sentenciá-los. "Mas, tendo lá ido os servidores, não os acharam na prisão e, voltando, lho anunciaram, Dizendo: Achamos realmente o cárcere fechado, com toda a segurança, e os guardas, que estavam fora, diante das portas; mas, quando abrimos, ninguém achamos dentro."(Atos 5:22-23). Os guardas que foram buscar os apóstolos voltaram com a notícia de que eles não estavam lá, que não estavam nas celas, que as celas estavam trancadas, que os guardas de vigilâncias estavam nos seus postos, mas, não sabem por quê, o fato é que misteriosamente os apóstolos sumiram. Algo inexplicável acontecera, mas mesmo assim eles não pararam para pensar que poderia ser a mão de Deus, estavam cegos pela inveja e maldade. Esses líderes que se diziam religiosos e ocupavam cargos de liderança religiosa, esses que diziam conhecer Deus, estavam cegos para não verem que era o agir de Deus. Por tal motivo a emoção é condenada, devemos a todo o tempo agir não de forma emotiva, mas de acordo com a Palavra de Deus, porque, se eles tivessem analisado esses fatos à luz da Palavra, não teriam perseguido, prendido nem crucificado Jesus, e também não estariam perseguindo os seus discípulos. Um sinal extraordinário estava acontecendo diante dos olhos deles, mas mesmo assim se recusavam a ver.
 "Então o sumo sacerdote, o capitão do templo e os chefes dos sacerdotes, ouvindo estas palavras, estavam perplexos acerca deles e do que viria a ser aquilo." (Atos 5:24). O sumo sacerdote, ou seja, a autoridade máxima religiosa e todos os seus companheiros não entendiam o que tinha acontecido. Devemos saber que o Senhor age de maneira inesperada diante de cada situação, e todas as vezes em que o Senhor faz algo não é só para agradar alguém, mas para mostrar o seu Poder, para que as pessoas possam ver, compreender que o Poder pertence a Ele, e que todos os que forem a Ele serão salvos, serão libertos. O Senhor tem compromisso com a sua Palavra, de levá-la a toda parte, até os confins da terra, e para isso opera sinais, dá dons aos seus servos para que operem milagres e maravilhas e, assim, preguem com autoridade e poder. "E, chegando um, anunciou-lhes, dizendo: Eis que os homens que encerrastes na prisão estão no templo e ensinam ao povo. Então foi o capitão com os servidores, e os trouxe, não com violência (porque temiam ser apedrejados pelo povo)." (Atos 5:25-26). Enquanto eles estavam meditando sobre tudo o que estava acontecendo, chega uma pessoa e lhes diz que os apóstolos que eles tinham mandado prender estavam tranquilamente pregando no templo. Mais ainda deve ter a notícia deixado intrigados o sumo sacerdote e seus asseclas, porque ninguém foge da cadeia para permanecer no mesmo local. Então dá a ordem para os trazer de volta, para os buscar, mas como grande parte do povo já estava inclinado aos discípulos de Jesus, ficaram com medo de serem apedrejados, e por isso os trouxeram com uma certa delicadeza. Trouxeram os apóstolos do Senhor diretamente à presença do sumo sacerdote, com o objetivo de acusá-los e amedrontá-los e os impedirem de pregar e ensinar sobre Jesus Cristo. "E, trazendo-os, os apresentaram ao conselho. E o sumo sacerdote os interrogou, Dizendo: Não vos admoestamos nós expressamente que não ensinásseis nesse Nome? E eis que enchestes Jerusalém dessa vossa doutrina, e quereis lançar sobre nós o sangue desse homem." (Atos 5:27-28).O sumo sacerdote começa recriminando os apóstolos de estarem pregando, ensinando sobre Jesus, falando no nome do Senhor, porque a doutrina de Jesus Cristo, a Palavra Viva, o Evangelho de Jesus Cristo estava sendo conhecida em todo Jerusalém. Esses religiosos não queriam que se falasse de Jesus, mas se diziam sacerdotes de Deus. Mas o que é fantástico é a resposta de Pedro a esse fariseu. "Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens." (Atos 5:29). Pedro juntamente com os apóstolos disse na cara do sumo sacerdote, dessa autoridade religiosa, que eles tinham o compromisso de obedecer ao Senhor, e não aos homens. Todos nós deveríamos aprender com esses apóstolos, mas não ficar só em palavras, e sim agir. Todas as vezes em que qualquer pessoa tentar nos proibir de agir de acordo com a Palavra, sempre deveremos optar por obedecer a Jesus. Não importa quem seja, se o que nos manda fazer ou exige, se estiver em desacordo com a vontade de Deus, não podemos em hipótese alguma obedecer. "O Deus de nossos pais ressuscitou a Jesus, ao qual vós matastes, suspendendo-o no madeiro. Deus com a sua destra o elevou a Príncipe e Salvador, para dar a Israel o arrependimento e a remissão dos pecados. E nós somos testemunhas acerca destas palavras, nós e também o Espírito Santo, que Deus deu àqueles que lhe obedecem." (Atos 5:30-32). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

segunda-feira, 23 de maio de 2016

LEVANDO A PRÓPRIA CRUZ

"E, levando Ele às costas a sua cruz, saiu para o lugar chamado Caveira, que em hebraico se chama Gólgota, Onde o crucificaram, e com Ele outros dois, um de cada lado, e Jesus no meio." (João 19:17-18)

 O cúmulo da humilhação, da covardia foi o que fizeram com Jesus Cristo, com o Filho de Deus. Depois de escarnecerem, de fazerem chacotas, de surrá-lo, e já condenado, ainda o fizeram carregar a sua própria cruz pesada. Colocaram uma cruz pesada sobre os seus ombros para crucificá-lo ao lado de dois ladrões, dois criminosos. Tudo fizeram para humilhá-lo, e estamos falando de pessoas que se diziam filhos de Abraão, filhos de Deus, mas que, a bem da verdade, nunca souberam quem era Deus, pois o crucificaram. Os que diziam amar Deus humilharam e crucificaram o seu Filho, o Salvador, conduziram à morte um inocente, alguém que só fez o bem, curou, abençoou, alimentou, libertou e veio para morrer por todos nós, pecadores. Eram pessoas religiosas somente, e as pessoas religiosas continuam matando, continuam humilhando o Senhor em seus templos, e, ao mesmo tempo, citam o seu nome dizendo que o amam. Todas as pessoas que aceitam em seus templos pregadores que estão ensinando contra a Palavra, e ao mesmo tempo citando o nome do Senhor, estão escarnecendo, estão fazendo-o carregar a cruz até Gólgota. Todas as vezes em que ensinam simplesmente a buscarem bênçãos, a determinarem a bênção - como se alguém pudesse mandar, determinar ao Senhor alguma coisa, como se o barro pudesse mandar no Oleiro. Todas as vezes em que se oferece ou se exige sacrifícios, nesses altares, em prol disso ou daquilo. Todas as vezes em que se vendem amuletos ou objetos para adoração, como sal, palitos, alianças, lenços, toalhas, água, óleo e outras tantas coisas. Todas as vezes em que se transforma o interior do templo em um antro de negócios, onde se comercializa todo tipo de coisas, tais como bíblias, CDs, DVDs, livros, quando se fazem rifas, viagens a Israel, e mais um monte de coisas. Todas as vezes em que se fazem campanhas por este ou aquele motivo e que exigem que se coloque um valor em um envelope como se estivesse comprando ou pagando pela bênção. Todas as vezes em que pregadores exigem uma oferta que se dizem alçada, fazendo com que pessoas que não têm nem mesmo para se alimentar deem o que não têm. Todas as vezes em que pessoas, passando por sérias necessidades, não são socorridas nesses templos. Todas as vezes em que isso acontece estão humilhando e escarnecendo do Filho de Deus, religiosos hipócritas.
 "E Pilatos escreveu também um título, e pô-lo em cima da cruz; e nele estava escrito: JESUS NAZARENO, O REI DOS JUDEUS. E muitos dos judeus leram este título; porque o lugar onde Jesus estava crucificado era próximo da cidade; e estava escrito em hebraico, grego e latim." (João 19:19-20). Pilatos escreveu essa citação e a colocou na cruz acima da cabeça de Jesus, mas ele o fez não reconhecendo realmente como o Rei que era Jesus, não somente de Israel, mas de tudo, porque Ele tem todo o Poder no Céu e na terra. Assim também vários idiomas religiosos, pentecostais, neo, renovadas, tradicionais, conservadoras e outras tantas denominações citam o nome do Senhor falando que Ele é o Rei, mas continuam rindo Dele na Cruz. Todas falam, citam o nome do Senhor, assim como os religiosos de Israel, mas mesmo assim continuam escarnecendo e crucificando o Senhor. Infelizmente, para muitos, Jesus não passa de uma figura abstrata, porque os líderes religiosos da nossa atualidade assim ensinam. Citar o nome de Jesus todos citam, ou pelo menos a maioria, mas seguir o Senhor, acreditar Nele, viver segundo as suas determinações são poucos, isso porque não creem naquele que deu a sua vida por todos nós. Não creem na Salvação, porque, se assim fosse, não cometeriam tantas desobediências, tanto desrespeito à Palavra de Deus. E os templos seriam um lugar de adoração ao Senhor e ensino da Palavra de Deus e meditação. Não seria como é hoje, um lugar para se fazer shows, festas, eventos e mais um monte de coisas, só não ensinam a verdade. Os templos, muitos são lugares em que se cometem crimes, porque cometem extorsão e estelionatos. "Diziam, pois, os principais sacerdotes dos judeus a Pilatos: Não escrevas, O Rei dos Judeus, mas que Ele disse: Sou o Rei dos Judeus. Respondeu Pilatos: O que escrevi, escrevi."(João 19:21-22).Os religiosos não acreditam que Jesus é o Rei dos reis, que Ele tem todo o Poder, eles simplesmente repetem o que muitos falam. Vemos pessoas que repetem a Bíblia toda de cor, mas vivem totalmente contrárias à Palavra de Deus. Vemos hoje pessoas que se dizem servos do Senhor diariamente nos templos, nos púlpitos, mas vivem em adultérios, fornicação, e ainda defendem o adultério continuado. Citam o Nome do Senhor, mas vivem e pregam contra o Filho de Deus, contra a Palavra, contra o Verbo.
 "Tendo, pois, os soldados crucificado a Jesus, tomaram as suas vestes, e fizeram quatro partes, para cada soldado uma parte; e também a túnica. A túnica, porém, tecida toda de alto a baixo, não tinha costura." (João 19:23).Assim como os soldados dividiram as roupas de Jesus entre eles, tomaram a herança material Dele para eles, porque Jesus, o Filho de Deus materialmente falando, nada trouxe para este mundo e nada levou ou deixou. Todo o seu patrimônio era somente as suas vestes, que os soldados tomaram para si. Assim como esses soldados, os templos estão lotados, abarrotados de pessoas que querem somente a herança física, material de Jesus, esses brigam, se rasgam em busca de algo. Mas não buscam o Senhor, não querem ir a Ele para terem vida e vida em abundância, querem somente o que é perecível. Prova disso são os templos especializados em pregar prosperidade lotados de incautos, os que oferecem bênçãos variadas são admirados e venerados. "Disseram, pois, uns aos outros: Não a rasguemos, mas lancemos sortes sobre ela, para ver de quem será. Para que se cumprisse a Escritura que diz: Repartiram entre si as minhas vestes, E sobre a minha vestidura lançaram sortes. Os soldados, pois, fizeram estas coisas." (João 19:24). Eles lançaram sorte entre eles para ver quem ficaria com a túnica de Jesus, porque não era possível dividi-la sem rasgar. Assim também as pessoas estão jogando sorte para receber a herança de Jesus, basta ver a quantidade de pessoas que participam de fogueiras santas, de desafios, propósitos, campanhas, em busca de bênçãos imediatas. Querem prosperar, querem casas, carros, apartamentos, dinheiro, emprego, famílias, curas, querem tudo, só não querem Jesus. Esses que ficam atirando sorte não levantam os olhos para o Senhor, mas somente para o negócio, as barganhas que estão fazendo, querem somente o que é perecível. As vestes de Jesus foram destruídas, consumidas ao longo dos anos, não existe nada mais, mas o Senhor continua amando todos os que o buscam. A religião nunca esteve tão difundida como agora, as pessoas fazem questão de se identificarem como crentes, evangélicos, mas vivem e têm um comportamento herege. São escarnecedores, homicidas, adúlteros, mentirosos e não conhecem o Senhor, querem somente a sua herança. "E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena. Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa. Depois, sabendo Jesus que já todas as coisas estavam terminadas, para que a Escritura se cumprisse, disse: Tenho sede. Estava, pois, ali um vaso cheio de vinagre. E encheram de vinagre uma esponja, e, pondo-a num hissopo, lha chegaram à boca. E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito." (João 19:25-30).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

sexta-feira, 20 de maio de 2016

ESCOLHA PELO ESPÍRITO

"Então voltaram para Jerusalém, do monte chamado das Oliveiras, o qual está perto de Jerusalém, à distância do caminho de um sábado. E, entrando, subiram ao cenáculo, onde habitavam Pedro e Tiago, João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, irmão de Tiago." (Atos 1:12-13)

 Os discípulos obedeciam a uma ordem direta do Senhor de quando estava com eles, e agora ressurreto confirmou a mesma determinação. Assim, eles voltaram para Jerusalém para ficar aguardando o Consolador prometido pelo Senhor. A Bíblia, o Evangelho nos mostra que a desobediência é o condutor da morte, e a obediência é a chave da vitória, é o condutor da vida. Todas as desobediências cometidas têm seu preço, e não há como fugir. Portanto, sejamos sábios e sempre busquemos obedecer ao Senhor, porque só conseguiremos vitória se o ouvirmos, se obedecermos a Ele. E obediência ao Senhor é obedecer a sua Palavra, é praticar o Evangelho de Jesus Cristo. Temos que ser cristãos adultos e não ficarmos tentando praticar tudo o que a Bíblia nos fala, porque não temos e nem conseguimos cumprir a lei que se encontra expressa no Antigo Testamento. Mas temos que cumprir o Novo Testamento, a Nova aliança feita no Sangue de Jesus, porque a lei se cumpriu Nele. Jesus tinha mandado que os seus discípulos fossem para Jerusalém e aguardassem a vinda do Consolador, e disse que os encontraria lá. Os discípulos para lá foram. Mesmo sabendo que Jesus tinha sido crucificado e morrido, obedeceram a sua ordem. Temos que aprender a não olhar as circunstâncias, e sim olhar para a Palavra, e simplesmente obedecer. "Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos." (Atos 1:14). Reunidos onde habitavam Pedro e outros discípulos, perseveravam em orações. Reuniram-se a eles algumas mulheres e várias outras pessoas que criam no Senhor, e todos oravam constantemente. Novamente vemos a obediência e a perseverança, porque eles estavam fazendo exatamente aquilo que o Senhor lhes havia determinado. Nós, muitas vezes, queremos algo e sabemos que o que pedimos está de acordo com a Palavra, e não o conseguimos porque não perseveramos, cansamos rapidamente e somos ansiosos.
 "E naqueles dias, levantando-se Pedro no meio dos discípulos (ora a multidão junta era de quase cento e vinte pessoas) disse: Homens irmãos, convinha que se cumprisse a Escritura que o Espírito Santo predisse pela boca de Davi, acerca de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam a Jesus; Porque foi contado conosco e alcançou sorte neste ministério."(Atos 1:15-17). Pedro se levanta no meio dos irmãos - e olha que estamos falando de todos os que estavam ali buscando o Senhor, obedecendo a seus preceitos. Vemos que a Palavra nos fala que eram quase cento e vinte pessoas reunidas. Mas o que nos chama a atenção é que eles não estavam ali reunidos orando pedindo bênçãos, ou qualquer outra coisa, eles estavam orando em obediência e à espera do Senhor. Atualmente o povo só se reúne para orar a fim de pedir bênção, pedir alguma coisa ao Senhor em benefício próprio. Pedro se levanta e fala da Bíblia, fala das Escrituras, e mostra que até a morte e ressurreição de Jesus estava tudo previsto, inclusive aquele que o traiu, ou seja, a traição também estava prevista. Davi, em seus salmos, já tinha falado há centenas de anos sobre o traidor, sobre Judas Iscariotes. A Bíblia já tinha mostrado que quem trairia Jesus seria um dos seus, seria um dos que andavam com Ele, como de fato aconteceu. Também tinha dito que outro deveria ocupar o lugar desse que traiu Jesus, porque desde o início o Senhor tinha escolhido doze para serem os seus apóstolos. O número doze é simplesmente simbólico, porque representava as doze tribos de Israel. "Ora, este adquiriu um campo com o galardão da iniquidade; e, precipitando-se, rebentou pelo meio, e todas as suas entranhas se derramaram. E foi notório a todos os que habitam em Jerusalém; de maneira que na sua própria língua esse campo se chama Aceldama, isto é, Campo de Sangue. Porque no livro dos Salmos está escrito: Fique deserta a sua habitação, E não haja quem nela habite, e: Tome outro o seu bispado." (Atos 1:18-20). Tudo o que aconteceu a Jesus desde o seu nascimento até o momento em que foi recebido no Céu estava revelado. Assim como tudo o que aconteceria ao traidor de Jesus, o dinheiro que ganhou com sua traição serviu-lhe somente para comprar um túmulo no cemitério. Mas também tinha sido revelado que outro deveria tomar o seu lugar no meio dos apóstolos.
 "É necessário, pois, que, dos homens que conviveram conosco todo o tempo em que o Senhor Jesus entrou e saiu dentre nós, Começando desde o batismo de João até ao dia em que de entre nós foi recebido em cima, um deles se faça conosco testemunha da sua ressurreição." (Atos 1:21-22). Pedro está agora dizendo que devem colocar em prática as ordens do Senhor e escolher alguém que venha substituir Judas Iscariotes. Mas a pessoa que deverá substituí-lo tem que ser alguém que andou, acompanhou o Ministério terreno de Jesus desde o dia em que Ele foi batizado por João Batista, porque o Ministério de Jesus somente se iniciou quando Ele tinha aproximadamente trinta anos, e após ter sido batizado no rio Jordão por João Batista. Portanto, a pessoa, para ocupar o lugar vago, tinha que ser uma que tivesse acompanhado, andado com eles durante aqueles três anos, do batismo de João Batista até o dia em que o Senhor foi sepultado. Era necessário que a pessoa fosse uma testemunha ocular de tudo o que aconteceu, do nascimento à ressurreição. Temos que aprender com isso que, para liderar a igreja de Cristo, é necessário que a pessoa conheça a Palavra de Deus, seja testemunha do seu Poder. É preciso saber quem é o Senhor, o que Ele fez e faz, e não somente falar por emoção e repetir testemunhos dos outros, é preciso que tenha experiência pessoal com o Senhor. É necessário que tenha andado com o Senhor, porque somos da verdade e só podemos falar do que conhecemos, do que vimos. "E apresentaram dois: José, chamado Barsabás, que tinha por sobrenome o Justo, e Matias." (Atos 1:23). Devo chamar atenção para o fato de que esse homem que foi citado para ser um discípulo, um apóstolo do Senhor, para ocupar o lugar de Judas Iscariotes, é citado somente aqui, e depois não o vemos mais em toda a Bíblia. Mas o fato é que o Senhor deseja somente que sejamos obedientes e que cumpramos a sua Palavra, mesmo porque não compreendemos os seus propósitos. Vemos que a escolha não foi de maneira humana, mas através de oração ao Senhor, porque, na verdade, quem escolheu foi o Senhor, como veremos agora, principalmente porque, quando fazemos escolhas com base em sentimentos e lógica humana, geralmente dá errado. Sabemos que o Senhor não vê o homem como nós o vemos, temos exemplo quando o Senhor escolheu Davi. Esse discípulo, esse apóstolo não foi visto ou citado antes e nem será depois, foi somente aqui, mas Ele cumpriu o propósito determinado por Deus. "E, orando, disseram: Tu, Senhor, conhecedor dos corações de todos, mostra qual destes dois tens escolhido, Para que tome parte neste ministério e apostolado, de que Judas se desviou, para ir para o seu próprio lugar. E, lançando-lhes sortes, caiu a sorte sobre Matias. E por voto comum foi contado com os onze apóstolos." (Atos 1:24-26) 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.